Amônia x Melanina

Hoje aqui no Dicas Para O Cabelo o assunto é amônia e melanina. Você sabia que é a amônia que clareia o cabelo? Não? Então leia esse artigo :)
Muitos pensam que o oxidante abre a cutícula e clareia os fios, mas essa função não é do oxidante, mas sim da amônia.

A amônia tem o poder de "destruir" a melanina.


Para quem não sabe, melanina é o que dá pigmento (cor) natural aos olhos, pele e também cabelo. 
No nosso cabelo, a melanina é encontrada na segunda camada que é chamada de córtex.

A melanina é dividida em dois grupos de pigmentos, sendo eles:
  • Granuloso: Pigmentos mais escuros (vermelhos);
  • Difuso: Pigmentos mais claros (amarelos).

Nos cabelos de cor preto ao castanho, os pigmentos são granulosos. Já nos cabelos mais claros, encontramos em maior quantidade os pigmentos difusos.

Quando descolorimos cabelos de pigmentos granulosos (escuro), o tempo de ação é demorado. Isso porque precisamos eliminar primeiro os pigmentos granulosos (vermelho) para depois chegarmos nos pigmentos difusos (claro). Veja a tabela ;)



Quando a gente descolore um cabelo e este aguenta o descolorante somente até ficar no tom avermelhado, isso significa que a cor predominante dele ainda é o pigmento granuloso. Se o cabelo aguentar ficar com o descolorante até atingir a coloração alaranjada, isso significa que a quantidade de pigmento granuloso e difuso é igual. Mas se o cabelo aguentar ficar muito tempo com o descolorante a ponte de atingir a coloração amarela, isso significa que o descolorante conseguiu eliminar 100% do pigmento granuloso, deixando o cabelo somente com o pigmento difuso. Tudo isso não depende só do pó descolorante + oxidante. Depende também da saúde do fio capilar. É o cabelo que determinará o tempo de ação da descoloração.

Como a amônia abre as cutículas, ela facilita a penetração de outros produtos, ou seja, a amônia tem pH alcalino e no caso da coloração, a amônia facilita a penetração de um novo pigmento no cabelo.

Quanto maior a porcentagem do oxidante utilizado junto com a amônia, maior é o poder da amônia para "destruir" a melanina e alterar a coloração do cabelo.

O oxidante tem poder efervescente e é este poder que quando misturado na amônia, provoca reação na amônia para a abertura da cutícula clareando os fios. Enquanto a amônia tem essa reação, o oxidante deposita e fixa a coloração fechando a cutícula. Por isso que quando preparamos a coloração permanente (contém amônia) com o oxidante, ou preparamos o oxidante com o pó descolorante (contém amônia), temos que aplicar imediatamente no cabelo. Se demorarmos com a aplicação, o poder de ação do preparo diminui.

Falando da reação da amônia junto com o oxidante, estou ao mesmo tempo falando da reação da Coloração Permanente (contém amônia) e do Pó Descolorante (com amônia) quando misturados ao oxidante, então, agora vou falar do Tonalizante.

O tonalizante (coloração sem amônia) quando misturado ao oxidante 3% revela uma coloração semi permanente e dá brilho. Não penetra no córtex, por isso, agride menos o cabelo e sai depois de algumas lavagens.  Como dito anteriormente, o oxidante não abre a cutícula e muito menos tem a função de clarear o cabelo. Ele até clareia, mas muito pouco. Lembrando que o oxidante 3% é o máximo de porcentagem de uma emulsão reveladora, ou seja, oxidante de no máximo 3% é o que chamamos de emulsão reveladora.

Falei anteriormente do pó descolorante com amônia. Existe pó descolorante sem amônia, mas esse não é aconselhável para quem quer ficar loura perolada ou loura platinada, isso porque o pó sem amônia não consegue atingir o tom amarelo clarinho. Lembrando que o que clareia é a amônia, então, o pó sem amônia não conseguirá atingir a coloração desejada.

Desamareladores não possuem amônia e nem oxidante, só possuem pigmento. Não indico desamareladores após descoloração. Após a descoloração, indico primeiro coloração permanente e somente após, utilizar desamareladores. Mas isso é assunto para outro artigo ;)

Hoje vimos que a amônia é "inimiga" da melanina. A amônia tem o poder de destruir a melanina e, por isso, devemos ter cuidado ao usar química no cabelo. O cabelo fica sem brilho, ressecado e ainda corre o risco de ficar poroso e elástico. A amônia está presente não só no pó descolorante e coloração, mas também em diversas outras químicas como, por exemplo: Tioglicolato de amônia.

Por favor: Eu peço para você curtir e/ou comentar sobre esse artigo, na fan page ou grupo do site lá no Facebook. Somente assim, eu saberei se os meus artigos estão te ajudando. Se você ficar em silêncio, não estará colaborando com a minha intenção de te ajudar.

Eu espero que tenham gostado das Dicas Para O Cabelo de hoje :)

Atenção! Todas as resenhas que eu faço são baseadas nas minhas experiências, portanto, o fato de um produto ter dado certo comigo, não significa que dará certo com você ou vice versa, por isso, é natural que algumas pessoas gostem dos produtos e outras não.