[Com Fotos] Corte Chanel Reto Convexo Com Franja Lateral

O artigo de hoje aqui do Dicas Para O Cabelo, é para quem já sabe cortar cabelo. Você sabe como fazer o corte de cabelo, Chanel reto convexo com franja lateral? Vem comigo!
Resultado com fotos maiores no final do artigo.
Além do corte de cabelo, eu fiz reflexo e botox capilar na cliente, mas nesse artigo eu darei ênfase ao corte de cabelo. Não tenho foto do antes. Mesmo escondendo o rosto, a cliente não quis mostrar o estado do cabelo antes da transformação. O cabelo estava fora do corte e a raiz grande e branca.

O corte de cabelo é Chanel quando possui comprimento que começa no queixo e termina no ombro. Se o corte for menor que a altura do ombro, então, não é Chanel e sim carré (leia-se carriê). Se for parecido com Chanel, mas tem pezinho (é batidinho na nuca), também não é Chanel e sim carré. Se o ombro dividir o cabelo (o cabelo é maior que a altura do ombro), não é mais considerado Chanel e sim comprido.

Existem vários tipos de Chanel: Chanel de bico, Chanel redondo, Chanel quadrado, Chanel quadrado de bico, Chanel côncavo, Chanel convexo, Chanel perfilado e Chanel jogadinho.

Material utilizado para fazer esse corte:
  • Tesoura a laser;
  • Tesoura fio navalha;
  • Pente para corte (estilo régua).
Exemplo de pente estilo régua:
    Divisão do cabelo:
    • Orelha a orelha(figura 5 na imagem abaixo);
    • Testa a nuca (figuras 4 na imagem abaixo);
    • Fazer a divisão da franja de acordo com o tamanho da cabeça da cliente.
    Sobre as parietais e nuca: 
    Na base, eu cortei o cabelo usando o pente como régua, sem virar a mecha para fora e nem para dentro. Da segunda mecha em diante, eu cortei afilando as mechas para que o cabelo não fique pesado, fazendo com que as mechas se encaixem. Para afilar reto, para dentro (convexo) ou para fora (côncavo), ou seja, para cortar o cabelo se utiliza tesoura a laser. Eu afilei para dentro (convexo).
    O corte convexo serve para o cabelo ficar com efeito escovado para dentro sem que a cliente necessite fazer escova para ter esse efeito.

    O cabelo da minha cliente possui muito volume, então, eu perfilei o cabelo dela para que este possa ficar com menos volume. Ao mesmo tempo dei movimento aos fios. Perfilar significa desfiar, para este caso se usa tesoura fio navalha.

    O Chanel reto possui linha horizontal e devemos cortar rodando, puxando a mecha obedecendo a nascente da raiz. A mão deverá ficar paralela à linha horizontal do corte, ou seja, a mão deverá ficar deitada.

    No visagismo corte e designer, nós usamos pontos estratégicos para definirmos o corte de forma correta. Muitos profissionais primeiro cortam e depois verificam os lados. No visagismo definimos os pontos e depois cortamos. No Chanel reto existem os pontos estratégicos A e B.
    Pontos estratégicos A e B do reto: Definir o comprimento através dos dois pontos da nuca baixa. Pegar a ponta do lado esquerdo e o ponto do lado direito e juntar no centro. Ao juntar, cortar ambos na altura desejada pela cliente. Veja na imagem abaixo, as figuras 1, 2 e 3.


    Ao definir as pontas A e B, devemos dar sequência ao corte, veja a figura 3 da imagem acima. Ao invés de cortarmos iniciando do meio como muitos cabeleireiros fazem, nós visagistas começamos através dos pontos definidos. Nesse caso, começamos pelo ponto A ou B, siga a sua preferência e depois daremos sequência até o final do outro ponto estratégico. Veja a figura 3 da imagem acima novamente.

    Dica:
    • Definindo o cabelo atrás, ao dar sequência nas parietais, se aparecer algum erro foi porque houve erro atrás.
    • Para encontrar a ponta da base e cortar o que sobrar das outras mechas, devemos pentear de dentro para fora. Ao encontrar a ponta da base, devemos cortar as outras mechas afilando o que sobrar.
    Afilar (despontar):
    Dar irregularidade as pontas. O cabelo não fica torto. Cortamos usando somente as pontas da tesoura de frente para a ponta da mecha. Essa irregularidade nas pontas proporciona movimento aos fios e caimento no corte.
    A base devemos sempre cortar com a tesoura paralela a linha do corte (no Chanel reto é horizontal), mas o restante das mechas devemos sempre cortar afilando (despontando). Se afilarmos com a ponta da mecha para fora, o cabelo vira para fora (côncavo). Com a ponta da mecha para dentro, o cabelo vira para dentro (convexo). Quando cortamos a base e depois o restante das mechas, usamos sempre a tesoura a laser.

    Tesoura fio navalha (para desfiar):

    Desfiar nas laterais (perfilar): As mechas dão movimento, balanço e redução do volume. Pode-se fazer entre quatro a cinco dedos distantes da raiz até as pontas ou somente nas pontas (desconexão de pontas). Esse efeito faz o cabelo murchar ficando sem volume. O trabalho é feito com a tesoura no movimento vertical de cima para baixo. Caso deseja fazer o efeito bolinha, basta perfilar somente nas pontas.
    Se no final, você quiser direcionar as pontas das parietais para frente, o chamado efeito vírgula, basta cortar as pontas das mechas com a tesoura de frente para as pontas. Se quiser direcionar a mecha para trás no formato vírgula, basta fazer o contrário. Muitos cabeleireiros invertem na hora de cortar, e o cabelo fica com o corte errado.

    Sobre a franja:
    No caso da minha cliente, o espaço entre a parietal e a sobrancelha é bem curto, então, o cabelo da parietal é bem próximo à sobrancelha, portanto, não podemos fazer franja tradicional. Nesse caso devemos fazer uma franja denominada falsa. Essa franja é medida geralmente do inicio da pupila direita até o inicio da pupila esquerda.
    Pode ser medida do meio da pupila direita até o meio da pupila esquerda, ou do final da pupila direita até o final da pupila esquerda. Tudo dependerá do espaço entre a sobrancelha e a parietal. No caso da minha cliente, eu medi a franja do início da pupila do lado esquerdo até o inicio da pupila do lado direito.
    Se fizermos uma franja tradicional em uma cliente cujo cabelo da parietal é próximo à sobrancelha, estaremos pegando como franja um cabelo que não ficará na posição da franja. Ao cortarmos essa mecha como franja, automaticamente essa mecha irá se juntar ao cabelo da parietal, ou seja, terá uma parte do cabelo na parietal mais curto.
    Já a franja tradicional é medida do início da sobrancelha direita até o início da sobrancelha esquerda.
    Para a franja lateral: Eu usei o método da figura abaixo. A cliente gosta da franja para o lado direito, então, eu faço o triângulo que no caso dela, foi um triângulo de apenas três dedos de profundidade e corto a franja virada para o lado contrário, nesse caso o esquerdo.


    As franjas são geralmente usadas para diminuir a testa e o comprimento do rosto. Cada divisão da franja deve ser aplicada no rosto certo. Nessa hora devemos ter muito cuidado para não deformar o rosto fazendo um corte de franja errado. Ao cortar a franja errado, estaremos deformando também o restante do corte de cabelo. Existe divisão redonda, mas a divisão triangular é a única que serve para qualquer corte de cabelo.

    Nesse cabelo, além do corte Chanel, eu também colori o cabelo da cliente que já estava com três dedos de raiz na cor branco (90% de fios brancos),fiz reflexo e botox.

    Químicas utilizadas nesse cabelo:

    Eu não fiz pré-pigmentação, porque eu utilizo uma coloração especial para cabelos brancos da L’oreal chamada Color Suprême. Usei a coloração de numeração 7/31 e o oxidante usado foi o de 6% também da L’oreal. A cor do cabelo após a coloração, pode ser vista na foto posicionada no início do artigo. A foto onde aparece os fios sendo puxados na touca. Logo estarei postando uma resenha sobre esta coloração. Aguarde!

    Para o reflexo, eu utilizei o pó descolorante argan oil speed blonde antiamarelamento loiras da Inoar, o oxidante também da Inoar Speed Ox Argan Oil 6%. Como eu descolori, eu gosto de repor pigmento com coloração permanente, então, eu utilizei a coloração 9/32 Color Suprême da L’oreal e oxidante 6% também da L’orealEssa coloração só pode ser usada por quem tem a partir de 50 anos, cujo cabelo tenha alto percentual de cabelos brancos. Como eu disse, logo estarei fazendo uma resenha sobre esta coloração, aguarde! As dicas de como eu faço reflexo, você encontra aqui.

    Nesse cabelo eu fiz hidratação capilar, antes, durante e após a descoloração. Fora os tratamentos capilares que eu fiz por mais de um mês nesse cabelo. Nos tratamentos utilizei o método que dei o nome de Mega Ultra Power Tratamento, veja aqui. No tratamento da semana anterior, eu acrescentei polivitamínicos de uso pediátrico Protovit Plus gotas. Primeiro testei o polivitamínico no meu cabelo e amei o resultado. Logo estarei postando uma resenha sobre o tratamento capilar usando esse polivitamínico, aguarde! ;)

    O botox capilar que eu utilizei não foi o de tratamento, mas sim o botox capilar progressiva, ou seja, esse botox faz o mesmo efeito de uma escova progressiva. Usei o botox capilar 100% queratina, 0% formol de reposição de massa argan oil Glamurosa. Quando eu falo que este botox é o mesmo que progressiva, falo porque o mesmo possui ácido glioxílico. Simplesmente estou gostando muito de usá-lo nas minhas clientes. Eu testei esse botox no meu cabelo e gostei muito do resultado. Lembrando que ácido glioxílico não alisa, somente reduz o volume. Eu falei sobre o ácido glioxílico aqui no blog já tem um tempinho, ele não faz mal a saúde como foi dito por uma emissora em 2013, veja o que eu falei no artigo aqui. Logo estarei postando uma resenha sobre este botox com foto do meu cabelo (o antes e o depois). Deixo claro que esse botox que é do tipo progressiva, assim como também progressiva e alisamentos (químicas em geral), todos eles só podem ser usados em cabelos saudáveis. Eu fiz tratamento capilar na minha cliente por mais de um mês, por isso, foi utilizado esse tipo de botox no cabelo dela.

    Resultado (corte de cabelo chanel reto convexo com franja lateral, reflexo e botox):






    Mais artigos relacionados:
    Colorimetria.

    Por favor: Eu peço para você curtir e/ou comentar sobre esse artigo, na fan page ou grupo do site lá no Facebook. Somente assim, eu saberei se os meus artigos estão te ajudando. Se você ficar em silêncio, não estará colaborando com a minha intenção de te ajudar.

    Eu espero que tenha gostado das Dicas Para O Cabelo de hoje :)

    Atenção! Todas as resenhas que eu faço são baseadas nas minhas experiências, portanto, o fato de um produto ter dado certo comigo, não significa que dará certo com você ou vice versa, por isso, é natural que algumas pessoas gostem dos produtos e outras não.